Premium

Agricultores do Alqueva devem 2,1 milhões da água

Agricultores do Alqueva devem 2,1 milhões da água

Cerca de 40% dos regantes inscritos no ano passado não pagaram à empresa pública que gere a infraestrutura.

As contas da Empresa de Desenvolvimento e Infraestruturas do Alqueva (EDIA), uma sociedade anónima de capitais públicos, não saem do vermelho há vários anos, mas as dívidas dos regantes de Alqueva continuam a aumentar e no final de 2018 eram de 2,1 milhões de euros, o equivalente a 11% da faturação de água desse ano (19 milhões de euros). Mais impressionante é a percentagem dos que não pagam: 41%. Dos 1670 regantes inscritos em 2018, 687 deviam dinheiro à EDIA. Comparativamente ao final de 2017, o número de devedores mais que duplicou, eram 327, e o valor aumentou em 886 mil euros.

Quando celebra um contrato de fornecimento de água, a EDIA não exige garantias bancárias aos regantes, como forma de recuperar os créditos, caso estes não liquidem as contas.