IPMA

Furacão Helene mantém trajetória de aproximação aos Açores

O furcacão Florence, Helene e a tempestade tropical Isaac

Foto  Epa/nasa

O furação Helene, que estava na noite de terça-feira a 2.435 quilómetros a sul-sudoeste dos Açores, mantém a trajetória de aproximação ao arquipélago, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

De acordo com o IPMA, o ciclone está a deslocar-se a 19 quilómetros por hora e existe a "possibilidade de o arquipélago dos Açores sofrer a influência deste ciclone a partir de sábado".

"Neste momento a previsão da sua trajectória indica que será mais provável atingir as ilhas do grupo Ocidental" (Flores e Corvo), acrescenta o IPMA.

O ciclone estava às 21 horas de terça-feira (mais uma hora em Portugal continental) classificado como furacão de categoria 2, com vento médio de 165 quilómetros por hora, mas deve perder intensidade.

"É expectável que a sua intensidade diminua devido ao seu deslocamento para águas mais frias e, nas próximas 36 horas, se torne tempestade tropical", informa o IPMA.

Relacionadas