Suspeitas

Insultos e ameaças nos telefones de Pedrógão

Marcelo Rebelo de Sousa disse, no passado, que não podem haver suspeitas sobre o uso que foi dado aos donativos

Foto Rui Oliveira / Global Imagens

Indignação generalizada leva pessoas que fizeram donativos para vítimas dos fogos a reclamar o dinheiro de volta, após suspeitas de irregularidades.

A Câmara de Pedrógão Grande recebeu, nos últimos dois dias, dezenas de chamadas e emails insultuosos e ameaçadores de pessoas que fizeram donativos às vítimas dos incêndios do verão passado. As suspeitas de irregularidades na aplicação dos fundos, denunciadas quarta-feira pela TVI, criaram um clima de indignação generalizada. Este caso, denunciado em julho pela "Visão", levou o presidente da República a dizer, na ocasião, que "os portugueses não podem ficar com dúvidas de que, quando dão o seu contributo para uma causa nobre, não é para que haja um desvio da função essencial do seu contributo". A PGR tem um inquérito aberto a este caso, ainda sem arguidos.

Relacionadas