Educação

Pais podem gastar até 400 euros só para iniciar ano letivo

Rui Castro ensinou a filha a reutilizar e usa banco de livros há dois anos

Foto Fábio Poço/global Imagens

Uma família, perita em poupanças, pode gastar até 400 euros para garantir que o filho tem o essencial (e sem margem para luxos) no regresso às aulas.

A despesa varia consoante o grau de ensino e a disponibilidade dos progenitores para procurarem os melhores negócios. Os manuais são o peso pesado da equação e o recurso a livros usados através de bancos de livros ou à aquisição pela Internet pode reduzir a fatura para metade.

Ler mais na versão e-paper ou na edição impressa.