Visita

Assembleia Nacional angolana quer fortalecer cooperação com congénere portuguesa

Assembleia Nacional angolana quer fortalecer cooperação com congénere portuguesa

O presidente da Assembleia Nacional de Angola defendeu, na quarta-feira, o reforço da cooperação com a Assembleia da República portuguesa, considerada já excelente em ações concretas no quadro de sucessivos programas.

Fernando da Piedade Dias dos Santos discursava hoje na sessão solene na Assembleia Nacional, no âmbito da visita de Estado, de quatro dias, do Presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa, a Angola.

Na sua curta intervenção de boas vindas, Fernando da Piedade Dias dos Santos disse que a cooperação se estende ainda ao nível da cooperação diplomática em fóruns internacionais.

"É nosso desejo fortalecer este quadro e para tal esperamos contar com o vosso solícito apoio", disse.

O presidente do parlamento angolano augurou que esta visita represente para os dois países "uma nova era de amizade, solidariedade e cooperação".

Para o presidente da Assembleia Nacional, a visita do chefe de Estado português simboliza o aprofundamento das relações históricas e seculares entre os dois países, "marcadas por momentos altos e baixos, num processo dialético compreensível, que felizmente resultaram numa relação franca, de fraternidade, de amizade, de respeito e vantagens mútuas".

Antes da cerimónia, uma comitiva de deputados portugueses manteve um encontro de cortesia com a primeira vice-presidente da Assembleia Nacional, Carlota Dias.

A sessão solene contou com a presença do chefe de Estado angolano, João Lourenço, e membros do Governo angolano, bem como com os ministros portugueses que integram a delegação presidencial e líderes dos grupos parlamentares da Assembleia da República de Portugal do PSD, CDS-PP, PCP, PS e BE.