Premium

Cada vez há mais pessoas a querer mudar de sexo

Cada vez há mais pessoas a querer mudar de sexo

Desde que a lei mudou, há um ano, 33 jovens já fizeram a transição no registo. Associações aplaudem novo enquadramento.

Das 135 pessoas que mudaram de género este ano, 89 passaram a ser homens e 46 mulheres. Entre os 16 e os 18 anos, foram 22 os jovens que formalizaram na conservatória aquilo que sempre sentiram: que tinham nascido com o sexo errado. Juntam-se aos 11 que já no ano passado tinham aproveitado a lei que alargou aos transgéneros maiores de 16 anos a mudança de sexo. A nova legislação, dizem as associações, foi um grande avanço.

Em comparação com o ano passado, regista-se um aumento dos casos. No ano passado, até à data da entrada em vigor da nova lei (8 de agosto), 103 pessoas tinham ido à conservatória mudar nome e género no cartão de cidadão, de acordo com dados do Instituto de Registos e Notariado (IRN) enviados ao JN. De agosto a dezembro, foram mais 101. Este ano, até 12 de agosto, já foram 135.