Exclusivo Edição Impressa

"Comprimido da inteligência" duplica entre jovens alunos

"Comprimido da inteligência" duplica entre jovens alunos

Vendas de medicação para défice de atenção duplicaram entre 2010 e 2016. Especialistas preocupados com problema de saúde pública.

É conhecido como o "comprimido da inteligência", por favorecer a concentração de crianças com perturbação de hiperatividade e défice de atenção (PHDA), e teve um aumento brutal desde 2010. Há turmas no ensino privado com 80% de alunos medicados, alerta o psicólogo Eduardo Sá. Nas escolas públicas, há também cada vez mais crianças medicadas por serem desatentas ou problemáticas.

Leia mais na versão e-paper ou na edição impressa.