Última Hora

Conselho Nacional do PSD será na quinta-feira

Conselho Nacional do PSD será na quinta-feira

A moção de confiança que Rui Rio quer submeter ao Conselho Nacional será decidida já na próxima quinta-feira. Falta saber se será votada de braço no ar ou por voto secreto.

O Conselho Nacional Extraordinário do PSD terá lugar dia 17 de janeiro, a próxima quinta-feira, às 17h00, no Porto, confirmou o Partido Social Democrata. Como ponto único da ordem de trabalhos está a "Apreciação e votação, nos termos do artigo 68.º dos Estatutos, de Moção de Confiança à Comissão Política Nacional do PSD", lê-se no comunicado enviado às redações.

A data - a mais breve possível - está a ser contestada pelos opositores de Rui Rio, como Carlos Abreu Amorim, que o acusa de não dar tempo suficiente aos conselheiros para que ponderem a posição a assumir na reunião do órgão máximo do partido, entre congressos. "Parece uma jogada política", acusa o deputado eleito pelo círculo de Viana do Castelo.

Posição oposta tem o eurodeputado José Manuel Fernandes, presidente da distrital de Braga. "Não há nenhum argumento para que a liderança de Rui Rio, eleito em diretas pelos militantes há um ano, seja posta em causa. O PSD não se deixa governar por empresas de sondagens", afirmou.

A marcação de um Conselho Nacional extraordinário foi pedida por Rui Rio na passada sexta-feira a Paulo Mota Pinto, presidente do Conselho Nacional. No dia seguinte, o presidente do PSD anunciou a intenção de submeter a votação uma moção de confiança aos conselheiros. Foi esta a sua resposta ao desafio de Luís Montenegro, que gostaria de ver marcadas eleições diretas para a presidência do PSD.