Horasis Global Meeting

Debate sobre futuro da globalização reúne 800 personalidades em Cascais

Debate sobre futuro da globalização reúne 800 personalidades em Cascais

Cerca de 800 personalidades de todo o mundo, entre os quais vários representantes governamentais, políticos, pensadores, filósofos e investidores marcam presença na edição deste ano do Horasis Global Meeting, que começa este sábado em Cascais e se prolonga até terça-feira. A conferência tem um impacto direto na economia local estimado em 1,2 milhões de euros.

Fazer um debate amplo sobre a globalização, aproveitando a presença em Cascais de gente ligada à tecnologia e com capital para investir, é o objetivo, conforme explicou, na apresentação do evento, que decorreu esta sexta-feira em Lisboa, Frank-Jurgen Richter, responsável pela conferência. "É a ocasião para termos políticos e líderes empresariais a debater e promover políticas que possam dar origem a uma forma mais justa de globalização", sublinhou.

O responsável destacou ainda a presença de representantes de 79 países, entre os quais mais de 30 com funções governamentais. Por parte de Portugal, o Horasis Global Media conta com a presença de cinco ministros, entre os quais o primeiro-ministro António Costa. "Há alguns consensos sobre a globalização mas é preciso mais diálogo e cooperação".

Frank Richter destacou a presença de centenas de CEO de grandes empresas, referindo que o evento tem "grandes momentos dedicados à tecnologia" e poderá servir também de palco para o estabelecimento de parcerias e negócios.

Miguel Pinto Luz, vice-presidente da Câmara de Cascais, congratulou-se por esta ser a quarta vez que o concelho recebe o Horasis Global Media, destacando o impacto direto de 1,2 milhões de euros na economia local. "Estes 800 participantes juntos têm mais valor que o Produto Interno Bruto português", destacou para sublinhar a importância do evento.

O Horasis Global Media vai ganhando, de edição para edição, mais prestígio no panorama internacional. Daí que na edição deste ano, marquem presença órgãos de informação como a BBC, "The Washington Post", "New York Times" ou "The Guardian".

Entre os nomes dos empresários confirmados constam Durão Barroso, atual presidente do banco Goldman Sachs International, e ex-presidente da Comissão Europeia.