PSD

Mauro Xavier e Fernando Seara demitem-se do PSD/Lisboa

Mauro Xavier e Fernando Seara demitem-se do PSD/Lisboa

Divergências com a forma como está a ser conduzida a candidatura de Teresa Leal Coelho à Câmara de Lisboa levaram os responsáveis pela Concelhia do PSD a pedir a demissão. O primeiro a sair foi o líder do PSD/Lisboa, Mauro Xavier. Seguiu-se o presidente da Mesa da Assembleia, Fernando Seara.

Mauro Xavier já tinha criticado a demora em ser encontrado um rosto para a candidatura do PSD à Câmara de Lisboa nas eleições autárquicas de 1 de outubro. Recentemente, mostrou desagrado por não conseguir contactar a candidata escolhida, Teresa Leal Coelho. Nesta manhã de quinta-feira, bateu com a porta e pediu a demissão da liderança da Concelhia do PSD/Lisboa.

"Entendia que já deveríamos ter candidato a um ano antes das eleições e temos um candidato a seis meses das eleições. Se não concordo com o calendário, não concordo com a estratégia, não faz sentido liderar a ação no terreno", justifica o líder demissionário da Concelhia social-democrata de Lisboa.

Em causa, a pretensão de Teresa Leal Coelho em alterar algumas das propostas do programa eleitoral, preparado pelo ex-dirigente social-democrata José Eduardo Martins. "Mostrei-me totalmente disponível para trabalhar com ela. Nunca consegui falar com ela uma única vez", lamenta Mauro Xavier, em declarações ao jornal Expresso, considerando que, assim, não estaria acrescentar qualquer mais-valia à candidatura autárquica.

Ainda assim, Mauro Xavier garante que fará campanha pela candidata escolhida pelo presidente do PSD, Pedro Passos Coelho. E assegura que votará em Teresa Leal Coelho. "O combate deve estar centrado na oposição ao Fernando Medina e não nas divergências internas do PSD", acrescenta.

A demissão de Mauro Xavier já provocou outra baixa na liderança da Concelhia do PSD/Lisboa. Trata-se de Fernando Seara, que foi o rosto do partido nas últimas autárquicas e vai formalizar a decisão de se demitir da presidência da Mesa da Assembleia Concelhia, durante a tarde desta quinta-feira.

Com a demissão de Mauro Xavier, a liderança do PSD/Lisboa fica nas mãos do atual vice-presidente, o vereador na Câmara de Lisboa, Rodrigo Gonçalves.

Conteúdo Patrocinado