Natalidade

Desde 2012 que não nasciam tantos bebés no primeiro trimestre

Desde 2012 que não nasciam tantos bebés no primeiro trimestre

Todos os dias, estão a nascer, em média, mais 11 bebés em Portugal.

Só no primeiro trimestre deste ano, registaram-se 21.348 nascimentos, o que representa um aumento de 5% face a período homólogo do ano anterior. Desde 2012, quando nasceram 21.750 bebés nos primeiros três meses do ano, que o país não registava tantos nascimentos. Resta agora saber se estamos perante uma subida sustentada, o que apenas os próximos meses poderão confirmar.

De acordo com informação disponibilizada ao JN pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA), no período em análise, o "teste do pezinho" foi realizado em 21.348 recém-nascidos, mais 984 do que em período idêntico de 2018. Não sendo obrigatório, a taxa de cobertura deste rastreio ronda os 100%.

Numa análise distrital, verifica-se que em apenas cinco distritos se registaram menos nascimentos, com maior expressão em Castelo Branco, com uma quebra de 23%. Em sentido contrário, Évora foi onde se verificou a maior subida (+16%). Contudo, em termos absolutos, Lisboa continua a ser, de longe, o distrito com mais nascimentos, respondendo por 30% do total.

No período em análise, nasceram na capital 6419 bebés, mais 6% do que em período homólogo de 2018. Segue-se o Porto, com 3814 nascimentos (+5%), ou seja, 18% do total. No Centro Materno-Infantil do Norte, fizeram-se no primeiro trimestre 844 partos, mais 43 do que em 2018.