BA11

Dois dos novos helicópteros Koala da Força Aérea já estão em Beja

Dois dos novos helicópteros Koala da Força Aérea já estão em Beja

Dois dos cinco helicópteros Koala AW119 comprados pelo Governo português ao fabricante italiano Leonardo Helicopters e que vão ser esta segunda-feira entregues, em Beja, pelo Ministro da Defesa à Força Aérea Portuguesa (FAP), estão desde sábado nos hangar da Esquadra 552-"Zangões", na Base Aérea (BA) 11.

O JN apurou que as duas aeronaves, que foram montadas em Espanha, entraram em território português no espaço da fronteira luso-espanhola de Rosal de la Frontera e Vila Verde de Ficalho, conforme mostram as fotos tiradas à entrada em Portugal.

Um pouco antes das 16.30 horas de sábado, dois helicópteros Alouette III, da BA11, aeronaves que vão ser substituídos pelos Koala, sobrevoaram a baixa altitude a localidade de Vila Verde de Ficalho e, depois, em voo estacionário, aguardaram a chegada dos dois novos aparelhos.

Os dois Alouette III, cujo voo inaugural foi a 28 de fevereiro de 1959, há 60 anos, ainda pintados com as cores da antiga Patrulha Acrobática Aérea "Rotores de Portugal", extinta há alguns anos pela FAP, "deram as boas vindas e fizeram a guarda de honra" aos seus substitutos, encaminhando-os para a BA 11.

Os novos helicópteros Koala AW119 estão pintados com as cores e a Cruz de Cristo das aeronaves do ramo e destinam-se a substituir os Alouette III da esquadra 552, que estão ao serviço da Força Aérea desde os tempos da guerra colonial em África.

Os Koala AW119 operam de noite e virão equipados para apoiar as operações de combate aos fogos. Mas, em termos militares, esses helicópteros ligeiros podem cumprir as missões até agora desempenhadas pelos Alouette: instrução básica e avançada de voo, busca e salvamento, evacuação sanitária, patrulhamento e observação.

Capaz de transportar até sete passageiros ou uma maca e cinco passageiros, os Koala podem deslocar ainda 1400 quilos de carga suspensa.

O Leonardo Koala pode ser configurado com seis assentos para passageiros em club seat (frente a frente) na parte de trás da cabine e um assento ao lado do piloto.

O helicóptero monomotor tem rotor principal constituído por quatro pás de material composto e rotor de cauda de duas pás. A fuselagem e a cauda do Leonardo Koala são fabricadas em alumínio e ligas metálicas, mas várias peças, partes e componentes do helicóptero são fabricados em material composto. A velocidade de cruzeiro é de cerca de 250 km / hora.

Imobusiness