Clandestinidade

Duas em cada cinco empresas de construção são ilegais

Duas em cada cinco empresas de construção são ilegais

Numerosos casos de clandestinidade preocupam o setor.

A Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas (AICCOPN) garante que duas em cada cinco empresas funcionam sem alvará. Os construtores estão preocupados com a clandestinidade no setor, nomeadamente no que diz respeito às obras de renovação das habitações realizadas com recurso a "biscateiros" e completamente à margem da lei, designadamente em termos fiscais.

Leia mais na versão e-paper ou na edição impressa.