Vila Real

Motorista português que desapareceu em França "não se recorda de nada"

Motorista português que desapareceu em França "não se recorda de nada"

O motorista português de 31 anos que, na madrugada de segunda-feira, tinha desaparecido da área de serviço de Fenioux, na A10, cerca de 130 quilómetros a norte de Bordéus, França, já apareceu, sabe o JN.

A cunhada do motorista, Sara Carneiro, contou ao JN que "a família foi informada ao fim da tarde de hoje de que foi encontrado perto do local onde foi visto pela última vez". "Aparentemente está bem de saúde, mas não se recorda de nada do que lhe aconteceu durante o período em que esteve desaparecido", revelou.

Tiago Coelho foi internado numa unidade hospitalar francesa onde deverá ficar em observação até quarta-feira. Prevê-se que regresse a Portugal assim que tiver alta médica.

Tiago Coelho, natural de Vila Real, tinha sido visto pela última vez cerca das 2.17 horas da madrugada de segunda-feira, durante uma paragem para descanso na área de serviço de Fenioux, a cerca de 130 quilómetros a norte de Bordéus. Todos os pertences do motorista, assim como os telemóveis, estavam no interior do camião. Após várias tentativas de contacto sem sucesso, a empresa de transportes para quem Tiago Coelho trabalhava alertou as autoridades francesas que se deslocaram ao local e verificaram que o motorista não se encontrava no veículo.

ver mais vídeos