Exclusivo Edição Impressa

Enfermeiros continuam a emigrar para o Reino Unido

Enfermeiros continuam a emigrar para o Reino Unido

De setembro a novembro, o regulador britânico aceitou mais de 400 candidaturas de portugueses. Mas há quem esteja a regressar.

Os enfermeiros portugueses continuam interessados em trabalhar no Reino Unido, após o referendo que aprovou a saída da União Europeia (Brexit). Em dois meses (de setembro a novembro de 2016), entraram em funções naquele país 461 profissionais de nacionalidade portuguesa.

Leia a nossa Edição Impressa ou tenha acesso a todo o conteúdo no seu computador, tablet ou smartphone assinando a versão digital aqui