Premium

Estado não perdoa multas a ambulâncias com doentes urgentes

Estado não perdoa multas a ambulâncias com doentes urgentes

Corporações justificam excesso de velocidade com documentação que comprova urgência, mas multas não foram perdoadas. Casos vão para tribunal.

"Dezenas de corporações de bombeiros estão a receber notificações da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária [ANSR] para pagar mais de uma centena de multas por excesso de velocidade, emitidas a ambulâncias que transportavam doentes urgentes", garante Jaime Marta Soares.

As coimas dizem respeito a infrações cometidas no início do ano passado e que já foram contestadas pelas corporações. O facto de as contraordenações voltarem a ser enviadas aos bombeiros "quer dizer que as justificações apresentadas não foram aceites e que as contraordenações continuam válidas", frisou o presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses.

ver mais vídeos