"Peão seguro"

GNR multa 15 peões por atravessarem fora da passadeira

GNR multa 15 peões por atravessarem fora da passadeira

A GNR detetou, em 24 horas, 1200 infrações rodoviárias, numa operação destinada a combater a sinistralidade envolvendo peões, uma das que tem estado a aumentar nos últimos anos. Quinze peões foram apanhados a atravessar a estrada fora da passadeira.

Durante a operação realizada na quinta-feira em todo o país, e que foi direcionada para a fiscalização em estradas nacionais, municipais e arruamentos no interior de localidades, a GNR fiscalizou diversos peões e 3 487 condutores, tendo levantado, em 24 horas, 1200 contraordenações.

A grande maioria das infrações (431) foram por excesso de velocidade, 343 por estacionamento indevido nos passeios e em outros locais destinados ao trânsito de peões, obrigando os peões a circular pela via, 104 por estacionamento a menos de 5 metros ou em passagem assinalada para travessia de peões.

No total, 53 condutores foram multados por utilização indevida do telemóvel durante a condução, 23 foram apanhados com excesso de álcool, 6 dos quais foram detidos por possuírem uma taxa de álcool no sangue igual ou superior a 1,2 g/l. A GNR detetou ainda 17 condutores a não respeitarem a sinalização luminosa (não parar ao sinal vermelho) e 15 peões foram identificados a fazer o atravessamento incorreto da faixa de rodagem. Houve ainda 7 condutores apanhados a não moderar a velocidade na aproximação à passagem assinalada para a travessia de peões.

Esta ação da GNR teve como o objetivo contribuir para a melhoria das condições de segurança e mobilidade dos peões, incutir comportamentos mais seguros por parte de todos os utentes e prevenir a ocorrência de acidentes de viação por atropelamento.

Até novembro de 2018 morreram 93 peões nas estradas portuguesas, mais 17 do que em igual período no ano anterior.