SNS

Governo aprova diplomas que criam carreira de farmacêutico

Governo aprova diplomas que criam carreira de farmacêutico

Os diplomas que criam a carreira de farmacêutico foram aprovados esta quinta-feira em Conselho de Ministros.

Os diplomas pretendem autonomizar e enquadrar a carreira de farmacêutico e garantir que os farmacêuticos do Serviço Nacional de Saúde (SNS) tenham um percurso comum de progressão profissional.

O Sindicato Nacional dos Farmacêuticos chegou a agendar para 18 e 19 deste mês uma greve a exigir a imediata publicação desta carreira, paralisação que acabou por ser desconvocada depois de receber a garantia de que a sua reivindicação seria levada a Conselho de Ministro até ao final de julho.

O Conselho de Ministros aprovou também, na área da saúde, uma autorização para a prorrogação até 30 de novembro do contrato de aquisição de bens e serviços para a gestão e operação do Centro de Conferência de Faturas de medicamentos e meios complementares de diagnóstico do SNS.

Esta prorrogação visa "assegurar a continuidade de funcionamento" do Centro de Conferências de Faturas, que tem sido "um importante instrumento de gestão dos pagamentos", refere o comunicado do Conselho de Ministros.