Exclusivo edição impressa

Governo atrasa fundos para combate à fome

Governo atrasa fundos para combate à fome

As instituições de solidariedade não estão a receber apoio alimentar do Fundo Europeu de Auxílio às Pessoas Mais Carenciadas, destinados às famílias.

O Governo tinha prometido, em janeiro, que haveria 30 milhões de euros em alimentos para distribuir mas, até à data, ainda não o fez. O Executivo diz que está dentro do prazo e que "a distribuição começará ainda no 2.º semestre". As instituições esperam que a história não se repita, pois este foi o programa que não foi executado no ano passado, não tendo vindo para Portugal um apoio no valor de 28 milhões.

Leia a nossa Edição Impressa ou tenha acesso a todo o conteúdo no seu computador, tablet ou smartphone assinando a versão digital aqui