Premium

Há 24 autarquias a apoiar compra de vacinas

Há 24 autarquias a apoiar compra de vacinas

Alguns municípios comparticipam e outros oferecem. Com a decisão do Parlamento, condição económica e residência deixam de ser decisivas.

Pelo menos 24 autarquias do país, de diferentes cores partidárias, já oferecem ou comparticipam a compra das vacinas que não fazem parte do Programa Nacional de Vacinação (PNV). Seja através de projetos de promoção da saúde ou de incentivo à natalidade, certo é que antes do Parlamento aprovar a polémica proposta de inclusão de três novas vacinas no PNV, já vários municípios tinham tomado a decisão política de dar aqueles fármacos.

No dia 28, a Assembleia da República aprovou, na especialidade do Orçamento do Estado 2019, a integração no PNV das vacinas da meningite B, do rotavírus e do vírus do papiloma humano (HPV) para os rapazes. A aprovação da proposta do PCP - com os votos a favor do PSD e BE, a abstenção do CDS-PP e os votos contra do PS - gerou um coro de críticas pelo facto da decisão ter sido política e não técnica.