Premium

Há brinquedos perigosos: Dicas para saber ler os rótulos e escolher em segurança

Há brinquedos perigosos: Dicas para saber ler os rótulos e escolher em segurança

Com a aproximação do Natal sucedem-se as promoções de brinquedos e os anúncios sem fim entre a programação infantil nos canais televisivos. Mas alguns brinquedos escondem perigos, que podem causar danos na audição, ferir ou asfixiar. E nem sempre os rótulos são fiáveis. Saiba como escolher em segurança na hora de comprar.

Os números não enganam: este ano foram detetados 466 brinquedos perigosos à venda no mercado europeu, de um total de 1450 alertas emitidos (até agosto) pelo sistema de alerta rápido para produtos perigosos (RAPEX) da Comissão Europeia. Em 2017, os brinquedos motivaram 635 alertas dos 2200 produtos detetados como perigosos para o consumidor.

Só na última semana, Bruxelas identificou 29 produtos perigosos e nove são brinquedos com risco sério, na sua maioria, por conterem peças pequenas que se podem soltar e/ou serem fabricados com plástico com substâncias perigosas (DEHP) que podem causar danos no sistema reprodutivo.

ver mais vídeos