Exclusivo Edição Impressa

IMI dos offshores e inflação pagam novo aumento das pensões

IMI dos offshores e inflação pagam novo aumento das pensões

Em cima da mesa está uma subida de seis euros.

A taxa do Adicional ao IMI (AIMI) para os imóveis de empresas registadas em offshores vai ser agravada e subir para 7,5%. A medida integra o leque de alterações ao Orçamento do Estado para 2017 e permitirá corrigir uma situação não acautelada quando o novo imposto foi apresentado. Esta mudança, somada com outras alterações ao AIMI e a uma inflação menor do que o previsto, vai ajudar a pagar o aumento extra de seis euros das pensões mínimas, como exigiam os partidos da Esquerda.

Leia mais na versão e-paper ou na edição impressa.