Lista B

Liga dos Bombeiros Portugueses reelege Jaime Marta Soares

Liga dos Bombeiros Portugueses reelege Jaime Marta Soares

Jaime Marta Soares foi este sábado reeleito presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, por larga maioria em relação ao segundo candidato, José Barreira Abrantes, conforme foi já anunciado esta noite, no seu 43º Congresso, em Fafe.

"Não teremos medo de fazer guerra a quem puser em causa a nossa paz"

Jaime Marta Soares afirmou em Fafe que "os soldados da paz" não terão medo de "fazer guerra" a quem puser em causa a "paz" e a "forma de estar na vida" da Liga dos Bombeiros.

"Qualquer político ao nível do poder governamental ou do poder local não será capaz de atingir os seus objetivos se não tiver ao seu lado a força, a capacidade e a organização dos bombeiros portugueses", referiu o presidente da Liga, a propósito da reformulação do sistema da proteção civil, na sequência dos dois trágicos incêndios florestais que em quatro meses mataram mais de uma centena de portugueses, que já feriram meio milhar.

"O poder político tem de fazer uma reanálise da forma como está a tratar os bombeiros portugueses, fazendo uma inversão do caminho, uma inversão dos erros que estão a ser feitos, porque nós gostaríamos que um novo futuro para os bombeiros portugueses fosse feito lado a lado com aqueles que têm a responsabilidade de garantir o bem-estar e a qualidade de vida aos portugueses, sabendo bem que somos parceiros fundamentais", disse Jaime Marta Soares, durante as suas primeiras declarações já após a eleição.

"O futuro dos bombeiros começou hoje"

Para o comandante Jaime Marta Soares, "o futuro dos bombeiros portugueses começou hoje, tendo o poder político de permitir-nos que sejamos iguais a nós próprios".

"Temos potencialidades e capacidades, bem demonstradas ao longo de muitas e muitas décadas, ao longo de séculos, nós continuamos dispostos a dar tudo por Portugal, mas é preciso que aqueles que têm a responsabilidade para gerir bem este país entendam o caminho que se deve percorrer e com quem o podem percorrer, garantindo a segurança das pessoas e dos seus bens, na área da proteção civil e do socorro, porque nós estamos disponíveis, para continuarmos a fazer aquilo que sempre fizemos", afirmou o dirigente.

Jaime Marta Soares foi reeleito, este sábado, em terceiro mandato consecutivo para o quadriénio 2018/2021, com 77,5% dos votos, enquanto o seu opositor, o comandante José Barreira Abrantes, obteve 22,5%.

Dos 603 votantes, Jaime Marta Soares teve 438 votos e José Barreira Abrantes teve por sua vez 127 votos, registando-se 30 brancos e oito nulos, os números oficiais revelados, para o próximo quadriénio desta confederação, que enquadra os bombeiros portugueses.

"O grande vencedor não sou eu, os grandes vencedores são os bombeiros portugueses, essas mais de 30 mil mulheres e homens que todos os dias se sacrificam, porque nós sabemos o que queremos, de onde viemos, onde estamos e qual vai ser o nosso futuro", destacou Jaime Marta Soares.

O congresso é encerrado este domingo de manhã pelo primeiro-ministro António Costa, seguindo-se já durante a tarde um grande desfile pelas principais ruas da cidade de Fafe.