O Jogo ao Vivo

Premium

Lisboa quer tarifa única para táxis a partir do aeroporto

Lisboa quer tarifa única para táxis a partir do aeroporto

Câmara adianta que parte do montante será para modernizar o setor, mas a ANTRAL diz que está contra.

A denúncia partiu da ANTRAL. A Câmara Municipal quer cobrar um euro aos taxistas que apanhem clientes no Aeroporto de Lisboa, no âmbito do novo regulamento de acesso dos transportes de passageiros. Enquanto a Associação Nacional de Transportadores Rodoviários em Automóveis Ligeiros (ANTRAL) manifesta "total desacordo em relação a esta taxa", a Autarquia garante que não existe taxa nenhuma, mas sim a tentativa de "simplificação da tarifa do aeroporto, convergindo para uma lógica de tarifa única para toda a cidade".

Afirma o município, através de uma nota enviada ontem às redações, que "a CML não pretende criar uma taxa municipal, ou qualquer receita municipal, cobrada aos táxis". A mesma missiva acrescenta que na tal tarifa única que está a equacionar "uma pequena parcela poderá financiar um fundo de modernização do setor do táxi da cidade de Lisboa (medida que a autarquia considera muito positiva)". "Esse fundo não será uma receita municipal, mas do setor do táxi e para financiar o setor", sublinha.