Sondagem JN

Maioria absoluta para o PS em Gaia

Maioria absoluta para o PS em Gaia

Sondagem da Católica para o Jornal de Notícias dá maioria absoluta para Eduardo Vítor Rodrigues em Gaia.

Se uma das frases-bandeira que Eduardo Vítor Rodrigues escolheu para projetar a ambição política em Gaia ("Eu confio") for uma referência indireta à conquista da maioria absoluta, a estratégia comunicacional parece ter resultado. O PS pulveriza a concorrência e torna-se absoluto num dos maiores e mais importantes concelhos do país.

A sondagem da Universidade Católica para o Jornal de Notícias não deixa margem para dúvidas: o professor universitário que, em 2013, roubara, ao PSD e ao CDS, o cadeirão maior da margem esquerda do Douro canibaliza eleitorado ao centro e à direita. E afasta, dessa forma, a necessidade de promover entendimentos para assegurar a governabilidade da câmara, como aconteceu há quatro anos com o PSD e com o independente José Guilherme Aguiar. Eduardo Vítor deu um pulo de 15%: obtivera, há quatro anos, 38,15% e, agora, no sufrágio da Universidade Católica para o JN, atinge os 53% (elegendo entre seis a oito vereadores).

Da direita para a esquerda, há uma batalha renhida para acompanhar de perto entre CDU e BE pela eleição de um vereador.

Os bloquistas mais do que duplicam o resultado obtido há quatro anos nas urnas (que foi de 3,06%). Renato Soeiro chega, nesta sondagem, aos 8%, elevando o BE para a categoria de terceira força partidária em Gaia, ultrapassando os comunistas. Já o candidato da CDU, Mário David Soares, estaciona nos 6%, o mesmo resultado das autárquicas de 2013.

* Obtida calculando a percentagem de intenções diretas de voto em cada lista em relação ao total de votos válidos (excluindo abstenção, não respostas e indecisos). São apenas consideradas intenções e inclinações de voto de inquiridos que disseram que "de certeza" ou "em princípio" vão votar (N=636). Estas estimativas têm valor meramente indicativo, dado que diferentes pressupostos poderão gerar resultados diferentes.

Ficha técnica

Esta sondagem foi realizada pelo CESOP-Universidade Católica Portuguesa para o Jornal de Notícias nos dias 9 e 10 de setembro de 2017. O universo alvo é composto pelos indivíduos com 18 ou mais anos recenseados eleitoralmente e residentes no concelho de Vila Nova de Gaia. Foram selecionadas aleatoriamente sete freguesias do concelho. A seleção aleatória das freguesias foi sistematicamente repetida até que as médias dos resultados eleitorais das eleições autárquicas de 2005, 2009 e 2013 nesse conjunto de freguesias (ponderado o número de inquéritos a realizar em cada uma) estivessem a menos de 1% dos resultados nacionais dos cinco maiores partidos ao nível do concelho. Os domicílios em cada freguesia foram selecionados por caminho aleatório e foi inquirido em cada domicílio o próximo aniversariante recenseado eleitoralmente na freguesia. Foram obtidos 760 inquéritos válidos, sendo 59% dos inquiridos do sexo feminino. Todos os resultados obtidos foram depois ponderados de acordo com a distribuição de eleitores residentes no concelho por sexo, escalões etários, e freguesia na base dos dados do recenseamento eleitoral e das estimativas do INE. A taxa de resposta foi de 72%*. A margem de erro máximo associado a uma amostra aleatória de 760 inquiridos é de 3,6%, com um nível de confiança de 95%.

Leia a nossa Edição Impressa ou tenha acesso a todo o conteúdo no seu computador, tablet ou smartphone assinando a versão digital aqui

ver mais vídeos