Conselho de Ministros

Mais de 60 milhões de euros para integração dos sem-abrigo

Mais de 60 milhões de euros para integração dos sem-abrigo

Governo aprovou esta quinta-feira um plano de ação para a integração de pessoas sem-abrigo, que engloba cerca uma centena de medidas e representa uma dotação orçamental superior a 60 milhões de euros.

Este plano foi apresentado no final do Conselho de Ministros pelo titular da pasta do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Vieira da Silva.

Perante os jornalistas, Vieira da Silva referiu que a Estratégia Nacional para a Integração de Pessoas em Situação Sem-Abrigo deu origem a planos em cada dois anos, tendo o atual como horizonte 2018.

"O plano para 2018 integra os três eixos principais da estratégia: o conhecimento da situação, o reforço da intervenção promotora da integração das pessoas em situação sem-abrigo e a linha de coordenação e avaliação dessa mesma estratégia. Foi desenvolvido um conjunto de objetivos, que desagregam em 76 ações e que serão coordenadas por uma comissão interministerial", apontou.

De acordo com o ministro da Solidariedade, o orçamento "mínimo estimado é de 60 milhões de euros, principalmente para 2018".

"Desta forma estamos em condições de continuar a reforçar o apoio de todos aqueles que todos os dias trabalham para reduzir substancialmente a incidência deste fenómeno e para garantir a promoção da inclusão e melhoria das condições de vida dos sem-abrigo em Portugal", acrescentou.

ver mais vídeos