O Jogo ao Vivo

Exclusivo Edição Impressa

Mais de metade da área ardida resultou de três incêndios

Mais de metade da área ardida resultou de três incêndios

Há menos fogos, mas são cada vez maiores. Especialistas culpam o clima e a acumulação de mato nas florestas.

Os três maiores incêndios deste ano foram responsáveis, sozinhos, por mais de metade do total da área ardida em Portugal. O fogo da Sertã, que deflagrou a 23 de julho, o de Pedrógão Grande, que começou a 17 de junho, e o de Góis, com a mesma data, destruíram um total de 84 047 hectares - o que corresponde a 51,1% dos 164 249 hectares de floresta e mato que arderam de 1 de janeiro a 15 de agosto.

Leia a nossa Edição Impressa ou tenha acesso a todo o conteúdo no seu computador, tablet ou smartphone assinando a versão digital aqui

ver mais vídeos