Vila Nova de Cerveira

Marcelo acredita na aprovação do estatuto do cuidador informal em 2019

Marcelo acredita na aprovação do estatuto do cuidador informal em 2019

O presidente da República afirmou, este sábado, que acredita na aprovação do estatuto do cuidador informal, no Parlamento, antes das eleições Legislativas de 2019.

Marcelo Rebelo de Sousa encerrou, em Vila Nova de Cerveira, o 1º encontro nacional de cuidadores informais, e garantiu aos presentes que no próximo ano celebrará com eles "essa vitória".

A iniciativa, organizada pela recém criada Associação Nacional de Cuidadores Informais, contou com a presença da eurodeputada Marisa Matias, que abraçou a causa.

Para Marcelo, aquele estatuto conferirá "dignidade" aos que, "em cada vez em maior número em Portugal", cuidam de pessoas dependentes "24 horas por dia, todos os dias, semanas e meses, sem vencimento, sem pensões, sem folgas, sem férias e sem direitos sociais".

"Em 2018, em pleno Estado Social, fazer de conta que não existem os cuidadores informais e os que por eles são acompanhados, não é só um erro imperdoável, é um atropelo incompreensível a uma valor fundamental que se chama respeito pela dignidade humana. Por isso, eu acredito que antes do fim da legislatura haverá um estatuto aprovado na assembleia da república", afirmou.

Em Vila Nova de Cerveira, Marcelo Rebelo de Sousa foi acarinhado pela população na rua, chamado de "presidente do povo" e requisitado para inúmeras fotografias e selfies, por entre abraços e beijinhos.