Porto

Marcelo sobre Rio e Montenegro: "A vida do PSD é com o PSD"

Marcelo sobre Rio e Montenegro: "A vida do PSD é com o PSD"

O presidente da República encontrou-se esta sexta-feira com Rui Rio e vai reunir com Luís Montenegro na segunda-feira mas garante que "o que se passa na vida do partido é com o partido".

À saída do hotel Sheraton, no Porto, onde Marcelo Rebelo de Sousa se encontrou com o líder do PSD Rui Rio, o chefe de Estado confirmou a reunião prevista para segunda-feira em Belém com Luís Montenegro, a pedido do social-democrata.

Este encontro com Rui Rio e anúncio da reunião com Luís Montenegro ocorre no dia em que o social-democrata desafiou o líder do PSD a marcar eleições diretas, apresentando-se como candidato à liderança do partido. Mas o presidente da República reiterou que não interfere na vida interna dos partidos.

"O que se passa na vida do partido é com o partido. Eu respeito o que o partido fizer, como respeito a vontade dos portugueses quando votarem em outubro [nas eleições legislativas]", afirmou Marcelo aos jornalistas.

"Foi uma urgência que eu tive em ouvir o Dr. Rui Rio. Tenho de tomar decisões sobre diplomas e tinha de falar com ele antes da semana que vem", justificou, revelando que as agendas dos dois eram inconciliáveis na próxima semana e, esta sexta-feira, estavam ambos na cidade do Porto.

"O diploma mais urgente era a descentralização. Há vários diplomas que estão pendentes de promulgação nas minhas mãos e eu queria ouvir o PSD, atendendo à posição da Associação Nacional de Municípios. Mas havia outros temas que estão pendentes no parlamento e que são urgentes", explicou o chefe de Estado.

Questionado sobre as movimentações internas no PSD, voltou a reiterar: "a vida do PSD é com o PSD e a escolha dos portugueses relativamente ao futuro do pais é com os portugueses".

"Os portugueses escolherão em outubro quem querem para governar o país", frisou, rejeitando comentar se o atual momento político favorece uma maioria absoluta do PS.