Premium

Medicina Legal tem 18 corpos por reclamar

Medicina Legal tem 18 corpos por reclamar

Nos últimos cinco anos, Misericórdia de Lisboa fez 434 funerais de cadáveres não reclamados. Maioria serão pessoas sem família que vivem nas ruas.

O Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses (INMLCF) tem, atualmente, 18 corpos por reclamar nas suas instalações, embora não haja uma contagem a nível nacional do total de cadáveres. Nos últimos cincos anos, só a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML) fez 434 funerais de corpos não reclamados, mais de metade nos últimos dois anos. Pessoas sem família são tidas como a maioria dos casos. Muitos viviam nas ruas.

Os números compreendem os anos 2014 a 2018, com os últimos dois anos a terem 225 funerais (108 em 2017 e 117 em 2018). Segundo fonte da SCML, os corpos são mantidos no INMLCF ou nas morgues dos hospitais durante 30 dias. Findo esse período, se não houver reclamação do cadáver, poderá ser feito um funeral.