Política

Montenegro diz que "nada fica na mesma" no PSD

Montenegro diz que "nada fica na mesma" no PSD

Luís Montenegro reagiu, na sexta-feira, à moção de confiança aprovada a Rui Rio. O social-democrata, que na passada semana, assumiu a vontade de liderar o partido, diz estar "de consciência tranquila" e acredita que o partido está mais forte.

"Acredito que nada fica na mesma", foi desta forma que o antigo deputado iniciou a reação aos 75 votos a favor que Rio alcançou no Conselho Nacional desta madrugada.

O social-democrata defende a necessidade de o PSD se concentrar "numa oposição firme" ao PS, de forma a conseguir uma "terceira vitória consecutiva" nas eleições legislativas. Esse foi aliás um dos três desafio que Montenegro deixou ao líder do PSD: garantir a unidade interna e ter um partido unido e coeso; fazer uma posição firme e efetiva ao Governo de António Costa; e apresentar ao país uma alternativa forte, capaz de levar o PSD à vitória nas legislativas.

Questionado sobre a situação do partido, diz-se consciente das dificuldades que o PSD enfrenta, mas mantém a confiança nos bons resultados. "Não ignoro as dificuldades eleitorais que atravessamos. Não o vou fazer. Mas quero dizer que este partido, que se viu vivo e motivado, tem esperança e obrigação de vencer as europeias, de vencer as eleições na Madeira", defendeu.

"Estou convencido que nada vai ficar como dantes", disse."O PSD sai desta reflexão com condições reforçadas, creio que este abanão é útil a quem dirige hoje o partido", defende, reclamando para si a iniciativa de conseguir mostrar que o partido está "vivo, motivado e com vontade de intervir".

Para já, garantiu que deixará "todo o espaço à direção do PSD" e que aproveitará o seu espaço de intervenção para fazer uma "combate cerrado" ao governo PS. Dizendo desejar estar no dia das eleições "de bandeira na mão a festejar uma vitória", Luis Montegero não quis dizer o que fará caso Rio perca as eleições de outubro. "Falamos no dias das eleições", respondeu aos jornalistas.

ver mais vídeos