Óbito

Morreu eurodeputado do PS que estava em coma há 11 dias

Morreu eurodeputado do PS que estava em coma há 11 dias

O eurodeputado do PS André Bradford, que estava em coma induzido desde dia 8 deste mês, faleceu esta quinta-feira no Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada, revelou fonte do PS/Açores.

Bradford, de 48 anos, teve no dia 08 um episódio de síncope e paragem cardiorrespiratória, vindo hoje a falecer.

O hospital açoriano enviou já à imprensa uma nota confirmando o falecimento do socialista, dizendo que este se encontrava em "situação crítica" e expressando publicamente "sentidas condolências à família".

O eurodeputado havia tomado posse recentemente no Parlamento Europeu, tendo o socialista açoriano seguido em quinto lugar na lista do PS às europeias de maio.

André Bradford era membro efetivo de duas Comissões do Parlamento Europeu: Agricultura e Desenvolvimento Rural e Pescas, sendo ainda membro suplente na Comissão de Desenvolvimento Regional.

André Bradford, de 48 anos, natural de Ponta Delgada, era licenciado em Comunicação Social e tornou-se em 2000 assessor de imprensa da Secretaria Regional do Ambiente do Governo dos Açores, tendo desempenhado depois funções de assessor político e de secretário regional.

Como deputado à Assembleia Legislativa Regional dos Açores, exercia as funções de líder do grupo parlamentar do PS até ter sido apontado pela estrutura regional do partido para integrar a lista nacional socialista nas eleições europeias de 26 de maio de 2019.

No Facebook, o PS/Açores colocou o seu símbolo a negro, e o cabeça de lista do PS nas europeias, Pedro Marques, também usou a rede social para expressar "palavras de solidariedade para a família, os amigos e para todos" os que "muito gostavam e respeitavam" o açoriano.

PS expressa profundo pesar

O PS expressou o seu mais profundo pesar pela morte do seu eurodeputado André Bradford, considerando que constitui uma "perda dramática" para o partido, em particular para os socialistas açorianos.

Esta posição da direção dos socialistas consta de uma nota de pesar publicada do site oficial www.ps.pt, depois de ter sido tornada pública a informação de que o eurodeputado do PS André Bradford, que estava em coma induzido desde dia 08 deste mês, faleceu no Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada.

"O PS expressa o seu profundo pesar pela morte do nosso camarada André Bradford, destacado quadro do PS/Açores, recentemente eleito como deputado ao Parlamento Europeu, como único representante da Região Autónoma. Os Açores foram sempre, até ao fim, a grande causa que moveu toda a sua vida política", refere-se.

A direção do PS salienta que a "perda de um quadro tão qualificado e com tanto futuro à sua frente constitui uma perda dramática" para este partido e, em particular, para os socialistas açorianos, "ao serviço de quem tanto se destacou em diversas funções, revelando uma capacidade de trabalho e uma combatividade por todos reconhecida".

"A sua eleição recente para deputado europeu nas listas do PS era a garantia de uma defesa constante da sua Região, agora nas instâncias europeias, uma marca que sempre o acompanhou. Neste momento de imensa dor para todos os socialistas portugueses pela perda deste nosso querido camarada, o PS apresenta a suas mais sentidas condolências a toda a família de André Bradford, aos seus amigos e a todos os seus e nossos camaradas do PS/Açores, na pessoa do seu presidente Vasco Cordeiro e de todos os que mais de perto puderam conhecer a sua ação em prol dos Açores e dos açorianos", acrescenta-se na mesma nota.