Apoio

Ordem dos Médicos já ajudou mais de 250 a reerguerem-se

Ordem dos Médicos já ajudou mais de 250 a reerguerem-se

Bastonário quer reforçar fundo de solidariedade que dá apoio financeiro a clínicos no ativo e reformados, viúvas e órfãos.

Os médicos retiram uma parte do seu rendimento, através das quotas pagas à Ordem dos Médicos (OM), para que outros colegas de profissão, viúvas e órfãos possam sobreviver e reerguerem-se. Cada vez chegam mais pedidos de fragilidade económica à Comissão do Fundo de Solidariedade da Ordem que, nos últimos seis anos, deu apoio a 257 pessoas. O bastonário Miguel Guimarães pretende reforçar a contribuição para o fundo, a partir do próximo ano, dotando-o de maior capacidade de resposta às dificuldades.

Leia a nossa Edição Impressa ou tenha acesso a todo o conteúdo no seu computador, tablet ou smartphone assinando a versão digital aqui

Conteúdo Patrocinado