canis

PAN defende fim de abates nos canis

PAN defende fim de abates nos canis

O PAN (Pessoas-Animais-Natureza) defende, na sexta-feira, na Assembleia da República uma iniciativa legislativa de cidadãos para acabar com os abates nos canis.

Em declarações à agência Lusa, o deputado do PAN, André Silva, explicou que na sexta-feira o partido vai "defender uma iniciativa legislativa de cidadãos que visa exatamente acabar com esta situação de flagelo que se vive em Portugal que é o abate de animais de companhia", estando associadas "medidas complementares e suplementares que capacitem as associações e que permitam dar também outras condições de trabalho".

"Essa iniciativa tem outras medidas associadas como a regulamentação da criação de animais, assim como a comercialização. Nós temos uma série de animais que são abandonados e que são criados por falta de regulamentação. É isso que nós também queremos implementar", explicou.

O deputado do PAN considera, por isso, que "estão reunidas as condições, ao nível dos outros grupos parlamentares, para acompanharem e para validarem esta iniciativa".

O PAN quer ainda, a jusante, implementar políticas de adoção de animais, uma vez que "a política de não abate, por si, não resolve", sendo por isso necessário "passar a esterilizar os animais, por um lado, e por outro a conseguir que haja menos animais a serem criados e que existam mais animais a serem adotados".

"A iniciativa legislativa de cidadãos tem como tema acabar com os abates nos canis, mas que no fundo encerra uma série de medidas necessárias para resolver este problema que é o problema do abandono e do abate de animais de companhia", concretizou.

André Silva sublinhou que "o PAN conseguiu movimentar em março cerca de 60 mil pessoas que, em dois meses recolheram essas assinaturas", tendo dado entrada em maio.

"E agora, no primeiro dia desta legislatura, após a tomada de posse, a primeira ação que fizemos foi dar entrada nos serviços da transição dessa iniciativa para esta legislatura", disse.