Premium

Parcómetros rendem quatro milhões no Porto e cinco vezes mais em Lisboa

Parcómetros rendem quatro milhões no Porto e cinco vezes mais em Lisboa

Espalham-se como cogumelos e rendem milhões nas ruas dos principais centros urbanos do país, onde o número de parcómetros vai crescendo, assim como a receita para os municípios.

Na cidade do Porto, são 8335 lugares pagos e em Lisboa, que tem mais do dobro de território e de habitantes, o estacionamento controlado é nove vezes superior, com 76 mil. A receita da Invicta ultrapassa os quatro milhões de euros e na capital os parcómetros rendem cinco vezes mais.

Usados para regular o trânsito e a mobilidade nas cidades, bem como para limitar a entrada de carros no centro, os parcómetros são uma tendência em expansão em vários concelhos, desde logo na Área Metropolitana do Porto e incluindo os menos centrais. Têm sido motivo de constante discórdia, quer pela colocação também em zonas residenciais, quer pelo modelo de gestão e de fiscalização.