Premium

Partidos limitam acesso a dados dos políticos

Partidos limitam acesso a dados dos políticos

PS e PSD propõem restrições à informação a que se poderá aceder. Bloco fala em "frustração de anseio da sociedade".

Nem toda a informação sobre o património e interesses dos titulares de cargos públicos e políticos poderá vir a ser consultável pelo cidadão comum. Esquerda e Direita chegaram, terça-feira, a acordo sobre o que poderá ser acedido através do site da futura Entidade da Transparência, a funcionar junto do Tribunal Constitucional: a regra será informação genérica. O BE criticou a estratégia, alegando que "frustra o clamor de uma maior transparência da democracia".

A Comissão Parlamentar Eventual para o Reforço da Transparência, que leva quase três anos a discutir novas regras para os titulares de cargos públicos e políticos, votou favoravelmente as propostas do PS e do PSD, que estabelecem limites no acesso aos dados.