Nacional

Passos Coelho confirma aumento da taxa máxima de IRS e IRC

Passos Coelho confirma aumento da taxa máxima de IRS e IRC

A decisão de aumentar as taxas máximas de IRS e IRC está prevista no documento de estratégia orçamental e pretende encontrar "solidariedade especial" junto dos maiores rendimentos, explicou, esta quarta-feira, o primeiro-ministro Pedro Passos Coelho.

"Esta é matéria orçamental, prevista no documento de estratégia orçamental a médio prazo (para) encontrar solidariedade especial junto do quem tem mais rendimentos, neste período difícil", disse Pedro Passos Coelho em Madrid.

Em conferência de imprensa conjunta com o seu homólogo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, o chefe do Governo disse que o Executivo sempre procurou que "as medidas de maior impacto recessivo seriam compensadas por medidas de apoio social destinadas as famílias de menores rendimentos".

Uma medida que visa "manter o processo de equidade nas reformas" em curso, exactamente "o princípio que fica consagrado no esforço adicional pedido às famílias com o maior rendimento".

A notícia de aumento de impostos nos escalões superiores de IRS e IRC foi avançada, esta quarta-feira, na edição on line do semanário Sol.