INE

Pelo décimo ano consecutivo há mais óbitos do que nascimentos em Portugal

Pelo décimo ano consecutivo há mais óbitos do que nascimentos em Portugal

Saldo natural negativo pelo décimo ano consecutivo.

Pelo décimo ano consecutivo morreram mais pessoas em Portugal do que as que nasceram, fechando assim 2018 com um saldo natural negativo. De acordo com os dados esta manhã divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), ainda preliminares, o aumento de 1% no número de nascimentos face a 2017 não foi suficiente para compensar o acréscimo de 2,9% no número de óbitos.

Assim, no ano passado registaram-se 86.973 nascimentos, tendo os óbitos ascendido a 112.955. O que se refletiu "no agravamento do saldo natural (-25.982), que se mantém negativo pelo décimo ano consecutivo", lê-se nas Estatísticas Vitais divulgadas pelo INE.