Premium

"Piratas" trabalham lado a lado com guias oficiais

"Piratas" trabalham lado a lado com guias oficiais

São centenas as ofertas de visitas à cidade do Porto por guias que fazem esse trabalho gratuitamente. Trata-se dos "free tours", feitos por gente que não está certificada para tal e não paga impostos.

O Estado ficam sem arrecadar milhões de euros desviados nestas viagens onde o pagamento é feito por baixo da mesa. Muitos dos guias nem português sabe falar fluentemente, pois são estudantes do programa Erasmus que aproveitam esta altura do ano para ganhar algum dinheiro. Os guias encartados falam em concorrência desleal e na falta de fiscalização. Com o turismo em alta, a atividade aparente estar mergulhada na anarquia.