Boletim clínico

Presidente está "muito bem disposto" e pode ter alta até domingo

Presidente está "muito bem disposto" e pode ter alta até domingo

O presidente da República, operado a uma hérnia umbilical na quinta-feira, acordou "muito bem-disposto" e o pós-operatório "está a decorrer sem problemas", informou a Presidência.

"Passou uma noite tranquila e acordou muito bem disposto com os parâmetros vitais completamente normais" e o "pós-operatório está a decorrer sem problemas, prevendo-se que possa ter alta antes da passagem de ano", lê-se no boletim clínico, publicado no site da Presidência da República e assinado pelo cirurgião Eduardo Barroso, que operou Marcelo Rebelo de Sousa no Hospital Curry Cabral, em Lisboa.

A alta dependerá, ainda segundo o boletim clínico, "da evolução do pós-operatório".

Em relação à cirurgia, o médico Eduardo Barroso explica que "a intervenção, sob anestesia geral, demorou cerca de hora e meia e decorreu sem intercorrências".

Marcelo Rebelo de Sousa está internado no hospital Curry Cabral, estando já a receber visitas.

Novo boletim clínico sobre o estado de saúde do chefe do Estado está previsto para sábado.

Na quinta-feira, o cirurgião Eduardo Barroso já dissera que "o normal" neste tipo de operação é o doente estar dois dias internado.

A intervenção cirúrgica estava prevista para o início de janeiro, mas foi antecipada depois de o médico da Presidência, Daniel Matos, ter diagnosticado uma hérnia estrangulada, o que obrigou a uma operação de urgência.