Nacional

Principais acidentes com portugueses em França e Espanha

Principais acidentes com portugueses em França e Espanha

Cronologia dos acidentes rodoviários mais graves registados em França e em Espanha, nos últimos dois anos, envolvendo portugueses:

15 de junho de 2014 - Dois portugueses morreram e três ficaram feridos, um deles em estado grave, na sequência de um acidente de viação na A89, junto à comuna de Lezoux , zona de Clermont Ferrand, em França. Emigrantes na Suíça e residentes na área de Genebra, as vítimas eram na sua maioria da região de Valpaços.

18 de agosto de 2014 - Um casal de portugueses morreu e a sua filha ficou gravemente ferida num acidente de viação que causou também a morte a dois cidadãos espanhóis no quilómetro 770 da autoestrada A66, nos arredores de Sevilha (Espanha).

O carro onde seguiam uma mulher de 53 anos, o seu marido de 54 anos e a filha do casal, de 23 anos, bateu de frente com outro veículo, tendo um terceiro acabado por envolver-se no acidente em que morreram ainda dois cidadãos espanhóis.

18 de outubro de 2014 - Três homens portugueses, com 35, 64 e 74 anos, morreram e outros três ficaram feridos com gravidade num acidente entre dois autocarros ao quilómetro 65 da A-62 (que liga Burgos, em Espanha, a Portugal), na zona de Torquemada, perto de Palencia.

O acidente, que envolveu autocarros que tinham partido de Ponte de Lima e tinham como destino Grenoble e Nice (França), levou cerca de 20 pessoas aos hospitais da região, sendo que a maioria dos passageiros eram trabalhadores que regressavam a França depois de visitarem os seus familiares em Portugal.

A 07 de novembro de 2008, na mesma estrada, tinham já morrido seis portugueses também num acidente envolvendo dois veículos portugueses: uma carrinha e um camião com reboque. Neste caso, as vítimas eram trabalhadores que tinham estado em França e regressavam a Portugal.

27 de outubro de 2014 - Dois portugueses que residiam em França, de 70 e de 72 anos, morreram num acidente de viação perto de Grisaleña (Burgos), cerca de 289 quilómetros a norte de Madrid, quando o carro em que viajavam se despistou.

O casal, um homem de 72 anos e a sua mulher de 70, eram naturais do Pombal e regressavam à região francesa de Boissy-Saint-Léger, próxima de Paris, depois de terem passado algum tempo com a família em Portugal, quando o carro em que seguiam se despistou e acabou por embater num pilar de um viaduto.

07 de fevereiro de 2015 - Dois portugueses de 56 e 48 anos morreram num acidente envolvendo duas viaturas, em Agoncillo, na comunidade autónoma de La Rioja, no norte de Espanha.

O acidente, ocorrido ao km 396 da N-232, envolveu duas viaturas e provocou também dois feridos graves, de nacionalidade espanhola.

18 de março de 2015 - Uma portuguesa com cerca de 50 anos morreu num acidente de viação na saída da autoestrada francesa A2 para a cidade de Cuvillers, enquanto o marido foi internado no Hospital de Cambrai.

O acidente ocorreu no sentido Paris-Valenciennes da A2, quando o pesado conduzido pela portuguesa saiu da estrada e caiu numa vala junto à cidade de Cuvillers.

04 de maio de 2015 - Duas portuguesas morreram numa colisão frontal entre um automóvel e um camião, em Fuentes de Oñoro, Salamanca, em Espanha, a cinco quilómetros da fronteira com Portugal, ponto onde acaba a autoestrada e se inicia a estrada N-620.

Além das duas vítimas mortais, duas mulheres de 30 e 68 anos, três outras pessoas ficaram gravemente feridas no acidente, todas de nacionalidade portuguesa.

Os cinco acidentados viajavam num automóvel Opel Vectra, de matrícula portuguesa, alegadamente em turismo.

08 de maio de 2015 - Três portugueses com idades entre 44 e 51 anos morreram num acidente envolvendo uma carrinha portuguesa de transporte de passageiros na autoestrada espanhola AP-1, na zona de Quintanapalla, Burgos.

Os restantes quatro passageiros ficaram em estado considerado "muito grave". As vítimas, todas do sexo masculino, regressavam de França para Portugal.

08 de junho de 2015 - Um motorista português que residia na freguesia de Seara, Ponte de Lima, morreu carbonizado na sequência de uma colisão entre dois camiões em Espanha.

O acidente ocorreu ao quilómetro 195 da A-2, no sentido Barcelona-Madrid, quando o camião da empresa Transneiva, de Viana do Castelo, conduzido pela vítima mortal, embateu na traseira de outro veículo pesado.

01 de agosto de 2015 - Três crianças portuguesas - dois rapazes e uma menina com quatro, oito e 12 anos - morreram em Espanha quando o carro em que seguiam colidiu com um camião na província de Zamora, no noroeste do país.

No acidente, que ocorreu quando vinham a caminho de Portugal e numa estrada habitualmente usada por emigrantes portugueses que regressam ao país de férias, vindos de França, ficou ainda ferido um adulto e uma menina de 13 anos.

03 de janeiro de 2016 - Oito portugueses ficaram feridos, dois deles em estado grave, perto de Gironde, em Bordéus, no sudoeste de França, quando o miniautocarro em que seguiam se despistou na autoestrada A63, junto à localidade de Cestas.

24 de março de 2016 - Morreram os 12 passageiros, todos portugueses, de um minibus que chocou de frente com um camião em Allier, na zona de Lyon, em França.

Entre as vítimas mortais encontram-se dois menores, uma criança de 7 anos e um adolescente, tendo o acidente ocorrido quando a carrinha se desviou para a faixa contrária e colidiu de frente com o camião.

O veículo em que seguiam os portugueses saiu da Suíça (Lausanne) com destino a Portugal, onde os emigrantes vinham passar a Páscoa.

O acidente aconteceu na estrada nacional 79, a Estrada Centro-Europa Atlântico (RECEA), considerada uma das quatro estradas mais perigosas da França, em particular nessa zona de Allier, na região de Auvergne.

ver mais vídeos