Prémio

Professor português nomeado para "Nobel da Educação"

Professor português nomeado para "Nobel da Educação"

João Couvaneiro, professor de História, é um dos 50 finalistas do Global Teacher Prize 2017, considerado o "Nobel da Educação".

O vencedor será anunciado a 19 de março. Mais de 20 mil professores de 179 países foram nomeados pela Fundação Varkey que pretende galardoar "um professor excecional que tenha feito uma contribuição extraordinária para a profissão".

João Couvaneiro nasceu numa família de professores, dá aulas de História no Colégio dos Plátanos (Sintra), é assessor do secretário de Estado da Educação, João Costa, para as áreas de educação de adultos, cursos profissionais, integração tecnológica e integração de refugiados no sistema educativo. É também um dos docentes envolvidos no projeto internacional "School in a box" (Escola numa caixa), em Moçambique.

De acordo com a página do Global Teacher Prize, se vencer o prémio de um milhão de dólares (955 mil euros), o professor português irá melhorar os equipamentos da escola primária de Guava, nos arredores de Maputo, com mesas, cadeiras e painéis solares.

"É para mim uma enorme honra (...) Naturalmente fico feliz com o reconhecimento do trabalho que tenho desenvolvido, mas este momento serve-me como oportunidade especial para homenagear a minha família, todos os meus alunos, todos os meus colegas professores e todas as pessoas que se empenham para promover a educação, a aprendizagem e o desenvolvimento", escreveu o docente na sua página de Facebook.

Ao JN, João Couvaleiro manifestou sentir "uma enorme humildade. Não me sinto melhor do que a maior parte dos meus colegas portugueses. Há professores absolutamente extraordinários no nosso país".

ver mais vídeos