Autárquicas 2017

PSD chama candidato a Oeiras para discutir gastos em excesso

PSD chama candidato a Oeiras para discutir gastos em excesso

O cabeça de lista pelo PSD a Oeiras nas últimas autárquicas, Ângelo Pereira, e o secretário-geral do PSD, José Silvano, vão reunir às 14 horas de amanhã, quinta-feira, para discutir a ultrapassagem em cerca de 80 mil euros do orçamento atribuído pelo partido à campanha de 2017.

Rui Rio já disse que quer penalizar os candidatos que tenham violado os limites orçamentados para cada campanha eleitoral e quer, mesmo, mudar a lei do financiamento dos partidos para que os diretores financeiros das campanhas sejam responsabilizados se ultrapassarem o orçamento. Nessa linha, há duas semanas anunciou uma ação judicial contra Marco Batista, candidato derrotado à Covilhã, que terá ultrapassado o limite em 87 mil euros.

Ao JN, na noite desta quarta-feira, Ângelo Pereira assumiu ter ultrapassado o "orçamento previsional", mas garantiu que se manteve "bem abaixo" do limite máximo legal. E assegurou que todos os gastos da campanha foram autorizados pelo secretário-geral do partido da altura, Matos Rosa. "As contas foram auditadas pela PwC, entregues na sede do partido e ao Tribunal de Contas", disse.

"Concorri à Câmara de Oeiras depois de figuras nacionais como David Justino terem recusado candidatar-se" e contra pessoas como Isaltino Morais, Paulo Vistas, Joaquim Raposo ou Heloísa Apolónia, disse, para descrever as "condições difíceis" que encontrou.

O JN não conseguiu falar com o anterior e o atual secretário-geral do PSD (Matos Rosa e José Silvano), que se encontram esta quarta-feira à noite no conselho nacional do partido, nas Caldas da Rainha. Também não conseguiu falar com a direção nacional do PSD mas, aos jornais Público e Observador, fonte oficial não quis comentar, invocando tratar-se de um assunto interno do partido.

Ângelo Pereira lamentou a posição do PSD e admitiu que tenha "motivações políticas", pelo facto de ter apoiado Santana Lopes contra Rui Rio na corrida à presidência do partido.

ver mais vídeos