Nacional

PSD-Madeira conquistou nova maioria absoluta

PSD-Madeira conquistou nova maioria absoluta

O PSD conquistou nova maioria absoluta nas eleições legislativas deste domingo para a Assembleia da Região Autónoma da Madeira com 48,56% dos votos (71355). Elegeu 25 dos 47 deputados regionais.

De acordo com os dados oficiais provisórios disponíveis no site da Direcção Geral da Administração Interna, o apuramento das final das 54 freguesias da Madeira, consagraram o CDS-PP como o segundo partido mais votado, com 17,63% (25903 votos), seguido do PS, com 11,50% dos votos (16797 votos).

Os resultados das restantes forças políticas são os seguintes: PTP 6,85% (10013 votos); PCP-PEV 3,78% (5525 votos); PND 3,28% (4790 votos); PAN 2,13% (3112 votos); MPT 1,93% (2839 votos) e BE 1,70% (2512 votos).

Os votos em branco foram 0,74% (1087 votos) e os nulos 1,91% (2813 votos).

O número de votantes foi de 147344 (57,45%), quando estavam inscritos 256483 eleitores.

A distribuição de lugares no Parlamento madeirense passa a ser a seguinte: PPD/PSD, 25 deputados; CDS-PP, 9 deputados; PS, 6 deputados; PTP, 3 deputados; PCP/PEV, PND e MPT com um deputado cada.

Nestas eleições para a Assembleia Legislativa, apresentaram listas nove forças políticas: além das sete com representação parlamentar -- PSD, PS, CDU, CDS-PP, BE, MTP e PND - concorrem ainda pela primeira vez ao sufrágio o Partido Trabalhista Português (PTP) e o Partido pelos Animais e pela Natureza (PAN).

Em 2007, o PSD - que desde 1976 venceu sempre as legislativas regionais com maioria absoluta - conquistou 64,24% dos votos, conseguindo sentar no Parlamento regional 33 dos 47 deputados. O PS foi o segundo partido mais votado (15,42%), conquistando sete deputados, e logo depois a CDU (5,44%) e o CDS-PP (5,34%), ambos a elegerem dois deputados cada.

Com um deputado na Assembleia Legislativa Regional ficaram BE (2,98% dos votos), MPT (2,26%) e PND (2,08%), numa eleição onde se registou uma abstenção de 39,25%.