Política

Redução do número de deputados em aberto para o PSD

Redução do número de deputados em aberto para o PSD

O PSD vai apresentar uma proposta de reforma do sistema eleitoral para a Assembleia da República, que constará do programa eleitoral das próximas legislativas, estando em aberto questões como a redução do número de deputados ou os círculos uninominais.

Em conferência de imprensa durante os trabalhos da primeira Convenção Nacional do Conselho Estratégico Nacional do PSD, que decorre hoje em Santa Maria da Feira, distrito de Aveiro, Pedro Rodrigues, que preside à comissão para a reforma do sistema político, deixou claro que o partido "não tem ainda nenhuma proposta concreta apresentada", estando a ponderar "todas as possibilidades".

"Vamos apresentar uma proposta de reforma de sistema eleitoral para a Assembleia da República que levaremos no programa eleitoral das próximas legislativas", garantiu.

Segundo o antigo líder da JSD, será tido em "consideração o património do PSD", que tem "defendido a redução de deputados".

"Se passará pela redução de deputados ou não, não lhe consigo responder neste momento. Se passará por círculos uninominais, não lhe consigo responder neste momento", disse, perante a insistência dos jornalistas.

Concretamente sobre a redução do número de deputados, o social-democrata fez questão de esclarecer que a proposta "não está excluída nem admitida".

O texto final resultará, segundo Pedro Rodrigues, do "equilíbrio que se tem de encontrar entre a proporcionalidade do sistema e uma efetiva necessidade de se aprofundar a ligação entre eleitos e eleitores".

"Seguramente no programa eleitoral virá a nossa posição sobre a reforma do sistema político e sistema eleitoral", assegurou.

Os objetivos do PSD com esta proposta são a aproximação entre eleitos e eleitores, a introdução de uma maior transparência no mandato parlamentar e o aumento da responsabilidade política dos eleitos.