Pedrógão

Santa Casa alerta para falsos dados sobre donativos

Santa Casa alerta para falsos dados sobre donativos

A Santa Casa da Misericórdia de Pedrógão Grande alertou para "informações falsas" que estão a circular relativas a donativos monetários e à doação de bens, sugerindo que quem quiser ajudar contacte diretamente a instituição.

"Uma vez que estão a circular informações falsas acerca da nossa disponibilidade para aceitar bens e voluntários, vimos por este meio esclarecer que a Santa Casa da Misericórdia de Pedrógão Grande continua a aceitar toda a ajuda possível", indica a instituição, numa publicação na rede social Facebook.

Contudo, existem "pessoas fazendo-se passar por funcionários da instituição, aceitando bens, bens esses que não" estão a chegar à Santa Casa, realça, pedindo aos interessados em ajudar que entreguem os bens a "colaboradoras devidamente identificadas", isto é, com farda ou que circulam na carrinha desta entidade.

"Sabemos também que estão a circular alguns NIB [números de identificação bancária] falsos para donativos monetários com destino à Santa Casa", aponta, solicitando, mais uma vez, que se entre em contacto direto com os serviços.

O incêndio que deflagrou no sábado à tarde em Pedrógão Grande, no distrito de Leiria, e que foi dado como dominado na tarde de quarta-feira, provocou pelo menos 64 mortos e mais de 200 feridos.

O fogo começou em Escalos Fundeiros, e alastrou depois a Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pera, no distrito de Leiria.

Desde então, as chamas chegaram aos distritos de Castelo Branco, através do concelho da Sertã, e de Coimbra, pela Pampilhosa da Serra.

Quase 53 mil hectares foram consumidos pelos incêndios que deflagraram em Pedrógão Grande e em Góis, no passado sábado, de acordo com um relatório preliminar do Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF).