Trabalho

Número de seniores na Função Pública duplica em três anos

Número de seniores na Função Pública duplica em três anos

São quase nove mil as pessoas com mais de 65 anos a trabalhar na Administração Pública - quase o dobro do que em 2013, ano em que as políticas da troika atingiram Portugal com mais força.

Não é possível saber ao certo quantas têm mais de 70 anos, até porque o vínculo com o Estado cessa quando atingem essa idade. A trabalhar nos politécnicos, diz o presidente do conselho coordenador, Nuno Mangas, o número será residual, mas nas universidades haverá entre 50 e 100 pessoas, estima António Cunha, do Conselho de Reitores. Trabalham, mas de graça: recebem a pensão de reforma, não podem ter outra remuneração.

Leia mais na versão e-paper ou na edição impressa.