Congresso do PS

Sócrates já "apareceu" por duas vezes na Batalha

Sócrates já "apareceu" por duas vezes na Batalha

O rosto e o nome de José Sócrates apareceram por duas vezes na abertura do Congresso do PS, uma delas pela boca do próprio António Costa. Porém, ambas as referências foram fugazes e insuficientes para aferir o sentimento dos delegados ao ex-líder e recentemente desvinculado militante.

A primeira aparição deu-se numa montagem fotográfica dos 45 anos e 45 rostos do PS. A cara de José Sócrates apareceu depois da fotografia de Jorge Sampaio, que arrancou aplausos.

Guterres e Ferro Rodrigues mantiveram-nos e, logo após os breves segundos que a figura do ex-primeiro-ministro acusado de corrupção esteve no ecrã gigante, surgiram os rostos de António José Seguro, António Costa, terminando com a fotografia de António Arnaut que foi aplaudido de pé.

A segunda aparição de Sócrates deu-se no discurso de António Costa quando este lembrou o "europeísmo" do Partido Socialista: o pedido e a adesão à CEE, em 1986, pela mão de Mário Soares, os "governos de António Guterres onde aderimos ao Euro e os governos de José Sócrates onde fizemos o Tratado de Lisboa que ainda hoje rege a União Europeia".