Premium

Suspeita de crimes com drones leva a 11 denúncias

Suspeita de crimes com drones leva a 11 denúncias

Nos últimos dois anos, a Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC) enviou ao Ministério Público onze suspeitas da prática de crimes de atentado à segurança de transporte aéreo.

Estão em causa, sobretudo, os casos de drones que ameaçaram a segurança de aviões. O balanço é feito na mesma altura em que o Governo já entregou ao Parlamento uma proposta de lei para regular a utilização de aeronaves não tripuladas.

Ameaçar a segurança de transporte - por ar, água ou ferrovia - é punido pelo Código Penal com uma pena de prisão que pode chegar a dez anos. Desde janeiro de 2017, quando entrou em vigor o mais recente regulamento da ANAC sobre a utilização de drones, foram reportadas onze destas suspeitas, adiantou ao JN fonte oficial do regulador aéreo.