Nacional

Um quinto dos deputados são também advogados

Um quinto dos deputados são também advogados

A polémica é recorrente e volta e meia vem a lume: deputados que acumulam a função de advogados. São um quinto nesta legislatura. O bastonário da Ordem defende a suspensão; o Bloco de Esquerda fica-se por um projecto de reforço dos impedimentos no Estatuto.

O assunto foi levantado esta semana pela Transparência Internacional - Associação Cívica que, num texto enviado à troika, alertou para a "forte promiscuidade" que existe entre as esferas política e empresarial em Portugal, apontando como "a face mais visível desta realidade" os deputados detentores de grandes escritórios de advogados. Só nesta legislatura, de acordo com um levantamento feito pelo JN, são 45 advogados em 230 deputados, a que se somam 23 deputados juristas.

Ler mais na versão e-paper ou na edição impressa